segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Metalinguagens


Poesia é um composto de coração, cabeça e alma. Só que nem sempre a cabeça combina com a alma e nem sempre o coração concorda com a cabeça. Alma e coração são amigos/inimigos fingidos: ora se completam ora se distraem. A poesia é o fruto desta relação multi-transitiva entrecortada pela rima, o circunstancial e as imaginações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que o teu sim seja sim; e o teu não seja não. (Mt 5,35)